Stonehenge (Grã-Bretanha, Idade do Bronze)

Stonehenge (Grã-Bretanha, Idade do Bronze)

Datado da Idade do Bronze e situado na Inglaterra, este monumento mundialmente famoso contém ainda vários mistérios para os arqueólogos de hoje.

História

Palavras-chave

Stonehenge, Salisbury, Wiltshire, Património Mundial, Idade do Bronze, depósito, arqueologia, Grã-Bretanha, Inglaterra, estrutura, pedra de estação, pedra angular, druida, cromeleque, altar, túmulo, pedra do altar, megálito, arenito, cultura, história, mistério

Itens relacionados

Questôes

  • Onde está situado Stonehenge?
  • De que período arqueológico data o monumento de Stonehenge?
  • Qual a idade estimada de Stonehenge?
  • Que significa a palavra ‘henge’?
  • Quantos círculos concêntricos possuía originalmente a área?
  • A quantos quilômetros de distância fica a exploração de arenito que forneceu o material para a construção de Stonehenge?
  • O que é um trílito?
  • Que função podia cumprir Stonehenge?
  • Desde quando pertence Stonehenge ao Patrimônio da Humanidade?
  • Onde está a pedra do altar?
  • De onde provém o nome da cultura megalítica?
  • Em que planície está situado Stonehenge?
  • Quanto pesam as pedras maiores?
  • Quem descobriu Stonehenge?

Cenas

Stonehenge

  • aterro - Foi construído na primeira fase da edificação.
  • fosso - Pertencia à estrutura complexa.
  • avenida - A avenida que conduz ao rio Avon foi construída na última fase da edificação.
  • trílitos - No círculo interior há cinco trílitos de arenito. Os dois pilares verticais foram unidos por um dintel.
  • altar
  • túmulo do norte - As pedras do túmulo do norte e do sul foram colocadas fora das circunferências concêntricas.
  • túmulo do sul - As pedras do túmulo do norte e do sul foram colocadas fora das circunferências concêntricas.
  • pedra de estação - Foram colocadas no seu lugar provavelmente por volta de 3100 a. C, durante a primeira fase da construção. Originalmente eram quatro.
  • pedras angulares - Foram colocadas no seu lugar durante a terceira fase da construção. Foram colocadas perto da entrada, ao lado da avenida.
  • pedra do altar - Foi colocada no seu lugar durante a terceira fase da construção. Encontra-se no final da avenida,

Stonehenge, o único

O monumento mundialmente famoso está localizado no sul da Inglaterra, na planície de Salisbury. A estrutura de pedra foi descoberta por John Aubrey (um antiquário), em 1666.
Stonehenge foi construído em várias fases. Durante as escavações, vários ossos foram encontrados.

O método de datação por radiocarbono mostrou que as partes mais antigas foram formadas há cerca de 5000 anos, provavelmente, por uma cultura megalítica da Idade do Bronze. 500 anos mais tarde, a construção já estava na terceira fase - a qual, provavelmente, foi interrompida. Stonehenge adquiriu a sua forma final após de uma outra modificação e extensão.

O monumento já esquecido no meio do segundo milênio a. C., foi degradado pelas tempestades dos séculos e pelas condições do tempo e os locais utilizavam as pedras para a construção dos seus próprios edifícios.

A estrutura do monumento

A estrutura

O magnífico Stonehenge

Na primeira fase da construção, um aterro circular (henge) foi formado. 56 poços foram escavados dentro do aterro. Estes poços podiam conter estacas de madeira. Mais tarde, novos buracos foram escavados nos quais foram colocadas as pedras visíveis ainda hoje.
Na segunda fase, no final do Período Neolítico, foram formadas fileiras de estacas diretas nas entradas no sul e no nordeste.
Na terceira fase, o local foi reconstruído. Desta vez, foram utilizadas as lendárias pedras azuis, erguidas em pares. As pedras de estação, a pedra do altar e a pedra angular foram colocadas no seu lugar então.
O aspeto atual do monumento é caracterizado pelas pedras de arenito, trazidas para o local mais tarde. 30 delas foram unidas por um dintel e erguidas num círculo. No círculo interno, foram colocados cinco pares de pilares semelhantes (trílitos). O aterro foi reconstruído e outros novos foram erguidos. O caminho que levava ao rio Avon foi construído. Finalmente, as pedras azuis foram colocadas em círculo e novos buracos foram escavados em duas circunferências concêntricas.

Os anéis de Stonehenge

O lado sul

A arqueologia curiosa

Desde a sua descoberta no século XVII, os círculos de pedra foram investigados por vários grupos de arqueólogos mas alguns dos seus mistérios ainda não estão resolvidos.
Stonehenge (junto com Avebury e os monumentos megalíticos circundantes) foi classificado Patrimônio Cultural Mundial em 1986.
As recentes investigações arqueológicas chamaram a atenção dos cientistas para alguma coisa muito importante: Stonehenge devia ser investigado em isolação mas junto com os artefatos encontrados nas áreas vizinhas (p. ex. Boscombe Down, Durrington Walls, Woodhenge, Avebury). Vários objetos neolíticos implicam que os famosos círculos de pedra não foram entidades únicas mas componentes de um sistema maior.

Pedras que falam

Stonehenge, a criação

Os pilares de pedra com um peso de entre 20 e 30 toneladas e com um comprimento de entre 2 e 7 metros, originalmente, formaram quatro circunferências concêntricas. O rádio do anel exterior era, provavelmente, cerca de 50 metros.
A transportação, a disposição e a montagem das pedras exigiam um planejamento severo e um amplo conhecimento de engenharia. As pedras azuis com um peso de 5 toneladas em média foram trazidas de uma pedreira a 400 quilômetros de distância, em via marítima e terrestre. O local das pedras de arenito fica a 32 quilômetros de distância de Stonehenge. (Segundo uma crônica do século XII, Merlin, o feiticeiro ajudou em colocar os grandes blocos de pedras em seu lugar.)
Os blocos de pedras foram esculpidos com martelos de pedra (ou seja, grandes pedras redondas). Para colocar os dintéis estavelmente, as pedras sarsen foram esculpidas e encaixes e espigas foram formados.

Ainda hoje temos apenas hipóteses prováveis ou menos prováveis sobre o propósito original de Stonehenge. Existem diversas suposições. Alguns investigadores acreditam que era um edifício para propósitos cúlticos. Outros pensam ter sido um calendário (durante o solstício, o sol iluminava a pedra do altar acima do topo da pedra angular.) Segundo outros, funcionava como um instrumento astronômico. Os resultados das recentes investigações (2008) apoiam a teoria de que era um local cúltico e curativo.

As lendárias rochas de Stonehenge

Passeio

Um passeio na história

Stonehenge, a estrutura de pedra da Idade do Bronze está localizada no sul da Inglaterra. Foi construída em várias fases; sendo que a sua forma atual apenas parcialmente reflete o seu estado original. Apenas podemos avançar hipóteses acerca da função de Stonehenge.
O misterioso complexo de pedras foi rodeado por um aterro. Dos blocos colocados em quatro circunferências concêntricas, hoje apenas é possível ver os dois anéis interiores, sendo que os exteriores são apenas sugeridos pelos buracos das estacas. Dentro dos círculos há cinco trílitos (dois pilares verticais unidos por um dintel) e a pedra do altar. A pedra do altar é o desfecho da avenida que leva até o rio Avon. As pedras de estação e as pedras do túmulo do norte e do sul foram colocadas fora dos círculos. Ao longo do caminho e em lugares mais distantes, foram erguidas pedras indicadoras e angulares.

Animação

  • aterro - Foi construído na primeira fase da edificação.
  • fosso - Pertencia à estrutura complexa.
  • avenida - A avenida que conduz ao rio Avon foi construída na última fase da edificação.
  • trílitos - No círculo interior há cinco trílitos de arenito. Os dois pilares verticais foram unidos por um dintel.
  • altar
  • túmulo do norte - As pedras do túmulo do norte e do sul foram colocadas fora das circunferências concêntricas.
  • túmulo do sul - As pedras do túmulo do norte e do sul foram colocadas fora das circunferências concêntricas.
  • pedra de estação - Foram colocadas no seu lugar provavelmente por volta de 3100 a. C, durante a primeira fase da construção. Originalmente eram quatro.
  • pedras angulares - Foram colocadas no seu lugar durante a terceira fase da construção. Foram colocadas perto da entrada, ao lado da avenida.
  • pedra do altar - Foi colocada no seu lugar durante a terceira fase da construção. Encontra-se no final da avenida,

Linha cronológica

Narração

Stonehenge está situado na planície de Salisbury, no sul de Inglaterra. Esta misteriosa estrutura de pedra é um monumento à cultura megalítica da Idade do Bronze, que se estendeu ao longo da costa atlântica da Europa. Estima-se que tenha cinco mil anos de idade,tendo sido descoberta em 1666 pelo antiquário inglês John Aubrey.

O nome de Stonehenge contém a palavra ‘henge’, que se refere a uma área redonda ou oval de cerca de 20 metros de diâmetro, rodeada por um aterro e com um fosso no interior. É interessante que, de acordo com as investigações mais recentes, Stonehenge não é um verdadeiro ‘henge’, pois o seu fosso se encontra fora do aterro (provavelmente pelo papel defensivo que desempenhava). Stonehenge foi construído em várias fases, sendo que a sua forma atual reflete parcialmente o seu estado original.

Durante a primeira fase, este complexo de pedras foi rodeado por um aterro e um fosso. Dos blocos colocados em quatro circunferências concêntricas, hoje apenas é possível ver os dois anéis interiores, sendo que os exteriores são apenas sugeridos pelos buracos das estacas colocadas durante a segunda fase da construção (estes chamam-se ‘buracos de Aubrey’, tomando o nome do seu descobridor).

As pedras de estação e as pedras do túmulo do norte e do sul foram colocadas fora dos círculos. Ao longo do caminho e em lugares mais distantes, foram erigidas pedras indicadoras e angulares. Dentro dos círculos há cinco trílitos (dois pilares verticais unidos por um dintel) e a pedra do altar. O aspeto atual do local é caracterizado pelas pedras de arenito, trazidas das pedreiras de Marlborough Downs, a 32 quilômetros de distância.

Apenas podemos avançar hipóteses acerca da função de Stonehenge. Segundo alguns investigadores, Stonehenge foi a construção de culto dos druidas, enquanto outros pensam ter sido um calendário que indicava com precisão o solstício. De acordo com investigações recentes, muitas pessoas visitavam estas lendárias pedras azuis, inclusive vindo de locais distantes, por s atribuírem a ela força curativa.

Stonehenge, que conserva com orgulho os seus segredos, foi incluído na lista de lugares culturais do Patrimônio da Humanidade da UNESCO, juntamente com outras manifestações da cultura megalítica no sul de Inglaterra.

Itens relacionados

Culturas megalíticas da Europa

As estruturas constituídas com enormes blocos de pedra há milhões de anos são os monumentos das culturas megalíticas.

Os hunebedes

Estes dólmenes especiais ficam localizados na atual Holanda foram construídos há cerca de 5000 anos.

Arca de Noé

Segundo a Bíblia, Deus ordenou a Noé a construção de um grande barco para salvar do dilúvio a sua família e os animais.

Colonização e descolonização

As potências colonizadoras desapareceram do mapa mundial, apagadas pelos povos que lutaram para reconsquistar a sua independência.

Da Idade da Pedra à Idade do Ferro

Esta animação apresenta o desenvolvimento do machado através dos períodos arqueológicos.

Escavação arqueológica (casa subterrânea)

Os canteiros de obras das construções atuais muitas vezes revelam importante sítios arqueológicos.

Eurotúnel

O Eurotúnel é um túnel ferroviário de 50,5 km de comprimento, localizado sob o Canal da Mancha e que liga o Reino Unido à França.

Topografia histórica (locais históricos)

Encontra num mapa vazio lugares históricos importantes.

Topografia histórica (lugares)

Encontre num mapa vazio lugares históricos importantes.

Cidade de Ur (3º milênio a.C.)

A cidade situada perto do rio Eufrates foi um centro importante na antiga Suméria.

Medição do Tempo

Os primeiros calendários e instrumentos de medição do tempo eram já usados nas antigas civilizações orientais.

Micenas (2º milênio a.C.)

Com uma cultura avançada, esta cidade foi o primeiro povoamento na história a ter uma cidadela.

Ötzi, o Homem de Gelo

O corpo mumificado do homem de gelo que viveu no período Calcolítico foi descoberto em um glaciar dos Alpes austríacos.

Povoação neolítica

Em resultado dos avanços revolucionários do Neolítico, as comunidades humanas estabeleceram as primeiras povoações permanentes.

Zigurate de Ur (3º milênio a.C.)

Os zigurates eram típicas pirâmides com terraços, usadas como templos na Mesopotâmia antiga.

Added to your cart.