Maravilhas do Mundo Antigo

Maravilhas do Mundo Antigo

As Pirâmides de Gizé são a única maravilha do Mundo Antigo ainda hoje intacta.

História

Palavras-chave

Maravilhas do mundo antigo, Grande Pirâmide de Gizé, Farol de Alexandria, Jardins Suspensos de Babilónia, Templo de Artemisa em Éfeso, Mausoléu de Halicarnasso, Colosso de Rodes, estátua de Zeus em Olímpia, arquitetura, Hélade, Babilónia, Egito, Mesopotâmia, igreja, mausoléu, memória, Antiguidade, história

Itens relacionados

Cenas

Maravilhas do Mundo Antigo

Grande Pirâmide de Gizé

Farol de Alexandria

Jardins Suspensos de Babilônia

Templo de Artemisa em Éfeso

Mausoléu de Halicarnasso

Muralhas de Babilônia

Colosso de Rodes

Estátua de Zeus em Olímpia

Animação

Narração

A primeira pessoa a enumerar as maravilhas do mundo antigo foi Antípatro de Sídon, num dos seus epigramas escritos no século II a.C.. A sua lista incluía sete obras-primas construídas pelo homem. Esta lista sofreu profundas alterações ao longo dos séculos, pois todas as escolhas são subjetivas e não é fácil comparar grandes obras de arquitetura. As fontes históricas que fornecem informação sobre estas maravilhas são escassas e muitas vezes contêm informações contraditórias. Infelizmente, apenas uma das obras nesta lista encontra-se ainda hoje intacta: as pirâmides de Gizé.

A Grande Pirâmide de Gizé, construída como túmulo do Faraó Quéops, era a maior das pirâmides; a sua altura original era superior a 146 m e o comprimento dos lados media cerca de 230 m.

Havia uma outra "maravilha" localizada na terra dos faraós: o farol construído na ilha de Faros, perto da costa de Alexandria, no Mar Mediterrâneo. Embora as fontes históricas divirjam quanto às suas dimensões, a altura original desta estrutura de mármore excederia provavelmente os 100 metros. De acordo com fontes contemporâneas, foi destruído por um terremoto.

Localizados na Mesopotâmia, pensa-se que os Jardins Suspensos foram construídos por um rei assírio para a sua esposa. A construção dos jardins, em vários níveis, cada um consistindo num terraço, foi mais tarde errenoamente atribuída à rainha Semíramis.

A lista original continha apenas uma estrutura babilônica. Mais tarde, em outras listas, as Muralhas da Babilônia foram também incluídas. As monumentais muralhas tinham cerca de 18 metros de altura e o seu comprimento total chegava aos 18 km, cercando a cidade da Babilônia. Foram construídas em tijolos de barro, com vários portões ao longo da sua extensão, sendo que o maior e mais ornamentado era a Porta de Ishtar.

Todos os outros itens da lista de Antípatro ficavam em territórios helénicos. O Templo de Ártemis em Éfeso era o maior templo da Grécia Antiga. A sua construção demorou mais de 100 anos, tendo sido destruído por um incêndio proposital.

O Mausoléu de Halicarnasso ficava localizado em Halicarnasso, na Anatólia. Era um túmulo com mais de 45 metros de altura, construído pelo rei Mausolo, um sátrapa persa, para sua esposa.

Existiam também duas magníficas estátuas na lista original. O Colosso de Rodes era uma enorme estátua de bronze do rei sol Helios, erigida na ilha de Rodes. O Colosso, construído com várias toneladas de bronze e ferro, foi destruído por um terremoto.

A estátua de Zeus, o principal deus da Mitologia Grega, foi construída num templo em Olímpia, a cidade que recebia eventos religiosos e os Jogos Olímpicos. A escultura em ouro e marfim, com 13 metros de altura, foi construída por Fídias, um dos mais conhecidos escultores gregos da antiguidade.

Itens relacionados

A cidade de Babilônia (século VI a.C.)

A antiga cidade de Babilônia foi construída nas margens do rio Eufrates, na Mesopotâmia.

Olímpia (século V a.C.)

Realizados em Olímpia de quatro em quatro anos a partir de 776 a.C., os Jogos Olímpicos fizeram da cidade um dos centros da Grécia antiga.

Pirâmides de Gizé (3º milênio a.C.)

A Necrópole de Gizé é a única das maravilhas antigas ainda intacta.

Código de Hamurabi

O código de Hamurabi é o símbolo da Civilização Mesopotâmica, sendo constituído por 282 leis gravadas numa estela de basalto.

Edifícios admiráveis

Uma coleção de edifícios extraordinários da história da civilização.

Grandes Impérios da Antiguidade

Vários impérios se ergueram e desapareceram ao longo da história.

Pirâmide de Djoser (Sacará, Egito, século XXVII a.C.)

Esta pirâmide de degraus, construída no século XXVII a.C., foi a primeira pirâmide egípcia.

Tenochtitlán (século XV)

A magnificiência do Império Asteca surpreendeu até os conquistadores espanhóis.

Tumba de Tutancâmon (século XIV a.C.)

A descoberta da tumba do faraó egípcio foi uma das maiores descobertas arqueológicas do século XX.

Zigurate de Ur (3º milênio a.C.)

Os zigurates eram típicas pirâmides com terraços, usadas como templos na Mesopotâmia antiga.

Ara Pacis Augustae (Roma, século I a.C.)

O Altar da Paz, mandado erigir no reinado de Augusto, foi uma das mais importantes obras da Roma Antiga.

Estatuetas de Vênus

Estas estatuetas paleolíticas simbolizam provavelmente a fertilidade e a prosperidade.

Marcos da escultura

A animação mostra cinco extraordinárias obras da história da escultura.

Pedra de Roseta

A pedra de Roseta ajudou a resolver o mistério dos hieroglífos.

Tipos de colunas gregas antigas

As ordens de colunas dórica, jónica e coríntia são diferentes em tamanho e ornamentação.

Acrópole (Atenas, século V a.C.)

A Acrópole é a cidadela mais famosa do mundo e foi construída na época da paz de Péricles.

Circus Maximus (Roma)

A enorme arena da Roma Antiga tornou-se famosa pelas suas corridas de bigas.

Coliseu (Roma, século I)

O mais famoso e magnífico anfiteatro de Roma foi construído no século I d.C.

Micenas (2º milênio a.C.)

Com uma cultura avançada, esta cidade foi o primeiro povoamento na história a ter uma cidadela.

Moai (Ilha de Páscoa, século XVI)

Esta ilha do Oceano Pacífico é famosa pelas suas incomparáveis figuras humanas monolíticas.

Added to your cart.