Governante asteca (século XV)

Governante asteca (século XV)

O Império Asteca foi um estado militarista e despótico.

História

Palavras-chave

asteca, governante asteca, Império Asteca, Tenochtitlan, Moctezuma II, conquista, military state, conquistador, Hernán Cortés, monarca, México, rei, Cidade do México, insígnia real, Espanha, América Central, trono, século XV e XVI, deuses, religião, Idade Média, Idade Moderna, roupas, hierarquia

Itens relacionados

Questôes

  • Em que país atual ficava localizado o Império Asteca?
  • Que cidade atual se situa no lugar da antiga capital asteca?
  • Que usavam os Astecas para jogar ao seu jogo popular?
  • Que acontecia ao capitão da equipe que perdia um jogo de ulama?
  • Num jogo de ulama, como se marcavam os pontos?
  • Como se chamava a capital asteca?
  • Qual era o mais importante veículo de transporte em Tenochtitlan?
  • Que pensaram os Astecas sobre os conquistadores espanhóis quando os vieram pela primeira vez?
  • Qual foi a maior desvantagem militar dos Astecas contra os conquistadores?
  • Que planta os Astecas não cultivavam?
  • Quando foi a época de ouro do Império Asteca?
  • É verdade que o sacrifício humano tinha um papel especial na religião asteca?
  • É verdade que o Império Asteca estava em paz com os seus vizinhos até a chegada dos conquistadores?
  • Quem eram os conquistadores?
  • Qual era o principal objetivo dos conquistadores?
  • Quem derrotou o Império Asteca?
  • Que governante asteca lutou contra os conquistadores aspanhóis?
  • Qual o nome do principal deus da religião asteca?
  • Em que continente se encontrava o Império Asteca?
  • Que país conquistou o Império Asteca?
  • Quando foi conquistado o Império Asteca pelos europeus?
  • Que título tinham os governantes astecas?
  • Quem foi o último governante asteca de relevo?
  • É verdade que, a dada altura, o Império Asteca se estendia de um oceano ao outro?
  • É verdade que até o governante asteca pensou que Cortés era um semideus?
  • Que fator não contribuiu para o sucesso dos conquistadores?
  • É verdade que os espanhóis destruíram a antiga capital asteca para construir outra no mesmo lugar?
  • É verdade que o último governante asteca foi morto pelo seu próprio povo, por ser considerado um traidor?
  • É verdade que a religião asteca era monoteísta?
  • Os Astecas adoravam certos animais. Qual destes NÃO era adorado?
  • Que classe social NÃO existia na sociedade asteca?
  • Quantos estados pequenos tinham sido conquistados pelos Astecas por altura do século XV-XVI?
  • Como se chamavam os Astecas a si mesmos?
  • É verdade que os Astecas tomavam banho em média duas vezes por dia?
  • Qual destas afirmações não é verdadeira relativamente ao Império Asteca?

Cenas

Governante asteca

O estado militarista dos astecas se desenvolveu em um império graças às alianças formadas com as cidades-estados circunvizinhas e as contínuas conquistas territoriais. O império despótico e militar foi liderado por um governante com papel duplo: além de ser o chefe do império, ele também era o líder religioso, já que, de acordo com as crenças astecas, seu poder derivava dos deuses. A autoridade dos governantes pode ser bem ilustrada pelo fato de que as pessoas comuns sequer eram autorizadas a olhar para eles.

Um dos elementos mais típicos das roupas dos governantes era o cocar feito com as penas longas e coloridas de um pássaro chamado quetzal.

O centro do Império Asteca, que ocupava os territórios centrais e meridionais do que hoje é o México, chamava-se Tenochtitlan. O primeiro governante asteca, Acamapichtli , foi entronizado em 1376. O império asteca atingiu seu ponto máximo entre os séculos XV e XVI, sob o reinado de Ahuizotl. Durante o reinado de Moctezuma II, o Império continuou florescendo, mas Hernán Cortés o destruiu logo após sua chegada. (O último governante foi Cuauhtémoc, filho de Ahuizotl.)

Império Asteca

  • Tenochtitlán
  • Oceano Pacífico
  • Golfo do México

Os astecas foram capazes de se estabelecer no planalto mexicano depois de derrotar os toltecas. O território do estado continuou crescendo graças às campanhas militares. Em 1428, três cidades-estado (Tenochtitlan, Texcoco e Tlacopan) decidiram formar uma aliança, estabelecendo assim o Império Asteca. O império, que se estendia do Atlântico até o Oceano Pacífico, atingiu sua extensão territorial máxima no início do século XVI.

O centro do império asteca, que ocupava os territórios central e sul do México atual, era Tenochtitlan. A cidade foi fundada na primeira metade do século 14 em uma das ilhas do Lago Texcoco, localizada na Bacia do México.
No início do século 15, Tenochtitlan desenvolveu-se em uma grande cidade, contendo, em sua maioria, edifícios de pedra. Por causa da contínua expansão da cidade, os astecas tiveram que drenar a água do lago, aumentando assim a área da ilha. A cidade, que eventualmente se tornou a capital do Império Asteca, teve uma aparência única por causa das ilhas artificiais feitas de barro e os canais entre eles.

A sociedade asteca pode ser dividida em quatro classes principais. No topo da piramide, estavam os guerreiros e o governante, claro. A classe social abaixo deles era a dos sacerdotes. Por conta da importância da religião, estes eram altamente respeitados dentro da sociedade asteca. A terceira classe na hierarquia social asteca era a dos plebeus (camponeses, artesãos e comerciantes). Os escravos, geralmente capturados em batalhas, estavam na base.

Um dos componentes mais importantes da cultura asteca era sua religião politeísta. Cada divindade estava relacionada a um ou mais fenômenos naturais ou atividade humana. Por exemplo, Huitzilopochtli era o deus do sol e da estrela da manhã, mas, ao mesmo tempo, era o patrono da cidade de Tenochtitlan. Tlaloc era o deus da chuva e do relâmpago, enquanto Quetzalcoatl era o do vento. Este último, geralmente representado como uma serpente emplumada, era adorado também como o deus do conhecimento. Sacrifícios humanos desempenhavam um papel significativo em sua religião.

A língua do Império Asteca era o náuatle. Os astecas usavam um sistema de escrita hieroglífica. Eles também elaboraram um calendário muito detalhado. Os astecas também alcançaram resultados notáveis nos campos da medicina, arquitetura, astronomia e matemática. Infelizmente, a maioria dos registros contendo essas descobertas foi destruída pelos espanhóis.

Vice-Reino da Nova Espanha

  • Tenochtitlán
  • Oceano Pacífico
  • Golfo do México
  • Mar das Caraíbas
  • Caminho de Cortés

No final do século XV, a Espanha entrou em concorrência com Portugal em relação às descobertas de novos territórios. Os dois países usaram métodos diferentes para reforçar seus interesses comerciais: enquanto os portugueses aplicavam medidas relativamente pacíficas, os espanhóis recorreram à violência. A guerra sangrenta levou ao estabelecimento do Vice-Reino da Nova Espanha no continente americano, que se tornou uma entidade territorial integral do Império Espanhol. Mais tarde, outros territórios de outros continentes foram adicionados ao Império como colônias.

Os europeus que participaram da colonização do continente americano nos séculos XVI e XVII são chamados de conquistadores. Em 1519, os espanhóis pisaram no solo mexicano e, em 1521, liderados por Hernan Cortés, ocuparam Tenochtitlan. Todos os suntuosos edifícios astecas foram destruídos e o lago foi completamente drenado no século XVIII. Hoje, no local, se encontra a Cidade do México, fundada pelos conquistadores espanhóis e uma das maiores cidades do mundo.

Tenochtitlán

Itens relacionados

Guerreiros astecas (século XV)

Apesar do aspecto amedrontador, os guerreiros astecas não conseguiram deter os conquistadores espanhóis devido a inferioridade de suas armas.

Tenochtitlán (século XV)

A magnificiência do Império Asteca surpreendeu até os conquistadores espanhóis.

Conquistador (século XVI)

Os conquistadores espanhóis devem seu sucesso à armadura e as armas de fogo.

Impérios modernos

Vários impérios se ergueram e desapareceram ao longo da história.

Colonização das Américas (até 1763)

Vários países europeus embarcaram na conquista do Novo Mundo, encontrando na América um continente diverso.

Teotihuacan (século IV)

Esta cidade, majestosa até mesmo em ruínas, foi a maior e mais populosa povoação da América pré-colombiana.

Chichén Itzá (século XII)

A lendária cidade do império maia-tolteca ficava situada no território onde atualmente é o México.

Guerreiro inca (século XV)

As armas rudimentares dos Incas mostraram-se ineficazes na luta contra os conquistadores espanhóis.

Machu Picchu (século XV)

Situada no atual Peru, a antiga cidade inca é Patrimônio Mundial.

A Alhambra no século XVI (Espanha)

O nome deste magnífico complexo palaciano origina-se do árabe e significa "o vermelho".

Axolote

O axolote, também conhecido como salamandra mexicana, é um anfíbio que conserva as suas guelras durante toda a vida.

Monarca persa (século V a.C.)

Os monarcas da antiga Pérsia eram famosos pela sua riqueza e pelo tamanho do seu império.

Added to your cart.