Formação de estratovulcões

Formação de estratovulcões

Os estratovulcões consistem de camadas de cinza vulcânica, piroclastos e lava endurecida.

Geografia

Palavras-chave

estratovulcão, atividade vulcânica, vulcão, cone vulcânico, magma, cratera, lava, chaminé, câmara magmática, tufo, materiais piroclásticos, cinza, actividade magmática, piroclastos, rocha, natureza, geografia

Itens relacionados

Cenas

Estratovulcão

No interior do corpo da Terra, na astenosfera, existe rocha fundida em constante fluxo, chamada magma; O magma acumula-se em câmaras magmáticas em certos locais. Se a crosta acima destas câmaras se abrir por causa de fraturas, vapor e gases quentes podem escapar em direção à superfície e entrar em erupção. As camadas rochosas no caminho são partidas em pedaços e expelidas, enquanto o material combustível é queimado.

As cinzas e piroclastos caem de novo para a superfície e formam rocha piroclástica, chamada tufo (basáltico, andesítico ou riolítico). Devido à liberação súbita de pressão, o magma quente acumulado na câmara é empurrado para cima. A erupção do magma cria uma cratera, depois os fluxos de lava escorrem pelos declives. Tudo o que estiver no caminho é queimado antes de começar lentamente a esfriar.

Depois, a lava se transforma em rocha vulcânica (basalto, andesito ou riólito). Este processo recomeça novamente ao fim de algum tempo (às vezes décadas) de inatividade. As erupções repetidas formam várias camadas de piroclastos e de lava, portanto, forma-se um estratovulcão.

Passos da atividade do estratovulcão:
1. Forma-se uma fratura na crosta
2. Erupção de gases e vapor quentes
3. Erupção de cinzas e piroclastos
4. Fluxo de lava
5. Período de inatividade
6. Repetição da erupção de gases e vapor, etc.

Definições dos termos:

Magma: rocha fundida, quente e viscosa sob elevada pressão na astenosfera, composta principalmente por silicatos e gases dissolvidos.

Lava: magma forçado para a superfície por uma erupção vulcânica. Os gases escapam, depois resfriam-se e solidifica.

Cinza vulcânica: rocha vulcânica pulverizada, contendo piroclastos vulcânicos, expelidos para o ar por uma erupção vulcânica e transportada por longas distâncias pelo vento.

Conduto: um tubo vertical na crosta terrestre, pelo qual o magma ascende desde a câmara magmática até à superfície.

Cratera: A garganta larga do conduto do vulcão, alargada pelo material vulcânico em erupção e elevada pelos fluxos de lava solidificados.

Estratovulcão: um vulcão formado pela atividade vulcânica periódica. Os piroclastos vulcânicos e a lava são depositados alternadamente na superfície, formando um cone vulcânico.

Vulcão ativo

  • magma
  • fratura/cavidade
  • chaminé
  • gás, vapor
  • cinza, pó
  • piroclastos
  • cratera
  • lava
  • lava endurecida
  • cinza e materiais piroclásticos

Estrutura do estratovulcão

  • câmara magmática
  • chaminé
  • cratera
  • lava endurecida
  • materiais piroclásticos

Narração

Durante a atividade vulcânica, gases e vapores começam a ser liberados, seguidos de fragmentos de rocha. O tamanho destes fragmentos varia entre alguns milímetros e vários metros. Na fase seguinte, é liberada lava, que, passado algum tempo. solidifica na superfície.

Perto da cratera, o material sólido desaba, formando uma depressão em forma de caldeirão. Esta depressão possibilita que o vulcão entre de novo em erupção no mesmo local.

Uma propriedade característica dos estratovulcões é o fato de as erupções ocorrerem periodicamente, com uma camada de cinza e fragmentos de rocha seguida por uma camada de lava, a qual por sua vez é coberta por novas camadas de fragmentos de rocha e lava durante a erupção seguinte. Este é um processo que se repete várias vezes. Os vulcões daí resultantes podem ter uma altura de milhares de metros. Têm geralmente uma forma simétrica e o diâmetro da cratera pode atingir centenas de metros.

Itens relacionados

Atividade vulcânica

A animação mostra os diferentes tipos de erupções vulcânicas.

Ciclo do carbono

O carbono fica retido na matéria orgânica durante a fotossíntese, sendo liberado para a atmosfera durante a respiração.

Efeito de estufa

A atividade humana aumenta o efeito de estufa e conduz ao aquecimento global.

Gêiser

Um gêiser é uma nascente termal que entra em erupção periodicamente, expelindo vapor e jatos de água quente.

Mapa do leito marinho

No leito marinho os limites das placas tectônicas podem ser observados.

Placas tectônicas

As placas tectônicas podem mover-se umas em relação às outras.

Pontos quentes

Nos pontos quentes, o magma sai por extrusão em direção à superfície terrestre, causando atividade vulcânica.

Terremoto

O terremoto é um dos fenômenos naturais mais devastadores.

Tsunami

Os tsunamis são ondas gigantes com imenso poder de destruição.

Added to your cart.