Tipos de tecido epitelial

Tipos de tecido epitelial

O tecido epitelial cobre as superfícies externa e interna do corpo.

Biologia

Palavras-chave

tecidos epiteliais, tecido epitelial, tegumento, epitélio colunar, epitélio escamoso, epitélio cubóide, membrana mucosa, queratinizado, não queratinizado, camada única, estratificado, epitélio ciliado, endotélio, absorptive surface, camada queratinizada, calo, humano, animal, biologia

Extras relacionados

Cenas

Simples escamoso

  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo,que serve de base às células epiteliais.
  • núcleos - Núcleos achatados no centro das células.
  • células planas

Simples cúbico

  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo,que serve de base às células epiteliais.
  • núcleos - Núcleos esféricos no centro das células.
  • células cúbicas - Células em cubo ou esféricas.

Simples colunar

  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo,que serve de base às células epiteliais.
  • núcleos - Núcleos alongados, junto à base da célula.
  • células colunares

Pseudoestratificado ciliado colunar

  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo,que serve de base às células epiteliais.
  • núcleos - Células tipicamente alongadas e dispostas em várias filas.
  • células alongadas - Todas as células estão em contacto direto com a membrana basal.
  • cílios - O epitélio colunar ciliado pseudoestratificado encontra-se no sistema respiratório. A função dos cílios é limpar as vias aéreas. A nicotina danifica e paralisa estes cílios.
  • secreção
  • célula caliciforme - Uma célula que segrega muco, cobrindo a membrana mucosa do sistema respiratório.

Estratificado escamoso não queratinizado

  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo, que serve de base à fila de células inferior.
  • núcleos - Tornam-se achatadas nas filas superiores.
  • células alongadas inferiores - A camada inferior das células contém células estaminais, que podem dividir-se e criar novas células epiteliais.
  • células planas superiores - As células epiteliais são empurradas em direção à superfície, enquanto vão ficando achatadas.

Estratificado escamoso queratinizado

  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo,que serve de base à fila de células inferior.
  • núcleos - Tornam-se achatadas nas filas superiores.
  • células alongadas inferiores - A camada inferior de células contém células estaminais, que podem dividir-se e criar novas células epiteliais.
  • células planas superiores - As células epiteliais são empurradas para a superfície, enquanto vão ficando achatadas e a proteína queratina se acumula nelas. Sofrem apoptose (morte celular programada) e uma camada queratinizada é formada.
  • camada queratinizada - Próximo da superfície, a proteína queratina acumula-se nas células epiteliais. Estas sofrem apoptose (morte celular programada) e uma camada queratinosa é formada. Isto tem um papel importante na proteção mecânica: a sua espessura depende das forças externas a que está exposta. Também protege contra agentes químicos e patogénicos.

Animação

  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo,que serve de base às células epiteliais.
  • núcleos - Núcleos achatados no centro das células.
  • células planas
  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo,que serve de base às células epiteliais.
  • núcleos - Núcleos esféricos no centro das células.
  • células cúbicas - Células em cubo ou esféricas.
  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo,que serve de base às células epiteliais.
  • núcleos - Núcleos alongados, junto à base da célula.
  • células colunares
  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo,que serve de base às células epiteliais.
  • núcleos - Células tipicamente alongadas e dispostas em várias filas.
  • células alongadas - Todas as células estão em contacto direto com a membrana basal.
  • cílios - O epitélio colunar ciliado pseudoestratificado encontra-se no sistema respiratório. A função dos cílios é limpar as vias aéreas. A nicotina danifica e paralisa estes cílios.
  • secreção
  • célula caliciforme - Uma célula que segrega muco, cobrindo a membrana mucosa do sistema respiratório.
  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo, que serve de base à fila de células inferior.
  • núcleos - Tornam-se achatadas nas filas superiores.
  • células alongadas inferiores - A camada inferior das células contém células estaminais, que podem dividir-se e criar novas células epiteliais.
  • células planas superiores - As células epiteliais são empurradas em direção à superfície, enquanto vão ficando achatadas.
  • membrana basal - Membrana de tecido conjuntivo,que serve de base à fila de células inferior.
  • núcleos - Tornam-se achatadas nas filas superiores.
  • células alongadas inferiores - A camada inferior de células contém células estaminais, que podem dividir-se e criar novas células epiteliais.
  • células planas superiores - As células epiteliais são empurradas para a superfície, enquanto vão ficando achatadas e a proteína queratina se acumula nelas. Sofrem apoptose (morte celular programada) e uma camada queratinizada é formada.
  • camada queratinizada - Próximo da superfície, a proteína queratina acumula-se nas células epiteliais. Estas sofrem apoptose (morte celular programada) e uma camada queratinosa é formada. Isto tem um papel importante na proteção mecânica: a sua espessura depende das forças externas a que está exposta. Também protege contra agentes químicos e patogénicos.

Narração

As células que constituem o epitélio escamoso simples são planas e têm forma irregular, estando organizadas em fila na membrana basal. Este tipo de tecido fino e vulnerável encontra-se no corpo, onde a proteção mecânica não é necessária e onde a absorção e a filtração ocorrem. O tecido escamoso simples encontra-se no revestimento dos alvéolos nos pulmões e no revestimento das paredes dos vasos sanguíneos, onde é conhecido como endotélio.

As células que constituem o epitélio cúbico simples têm uma forma semelhante a um cubo e estão organizadas em fila na membrana basal. Os núcleos localizam-se no centro das células. Este tipo de epitélio encontra-se em epitélios cúbicos simples na superfície dos ductos de certas glândulas, no revestimento dos túbulos renais e nos ovários.

As células que constituem o epitélio simples colunar são cilíndricas e os seus núcleos alongados localizam-se junto à base da célula. Este tipo de epitélio encontra-se geralmente na epiderme de invertebrados, enquanto o epitélio colunar simples com microvilosidades se encontra no corpo humano, no revestimento dos intestinos e o epitélio colunar simples ciliado reveste as paredes dos ovidutos.

Os núcleos do epitélio colunar ciliado pseudoestratificado encontram-se em diversas camadas, mas as células formam uma camada única juntamente com todas as células que repousam na membrana basal​. As células calciformes que segregam muco são tipicamente encontradas neste tipo de tecido. O tecido reveste a maioria do trato respiratório inferior: o muco e detritos são movimentados para cima, em direção à faringe, pelo movimento rítmico dos cílios. Como a nicotina paralisa estes cílios, o trato respiratório dos fumadores não é adequadamente limpo, o que faz com que eles tussam.

No epitélio escamoso estratificado não queratinizado, apenas as filas das células inferiores repousam sobre a membrana basal. As células tornam-se achatadas nas filas superiores. Este tecido fornece mais proteção do que o epitélio simples. Como não queratiniza, não impede que a pele respire. É, portanto, encontrado na epiderme de peixes, que respiram pela sua pele. No corpo humano, encontra-se onde a proteção mecânica é necessária: na cavidade oral e na cavidade faríngea, numa parte do esófago, à volta do ânus e na vagina.

O epitélio escamoso estratificado queratinizado é o tipo de tecido epitelial mais resistente. As células alongadas da fila inferior dividem-se e novas células são produzidas e empurradas para a superfície. Entretanto, vão ficando achatadas e a proteína queratina acumula-se nelas. Sofrem apoptose (ou morte celular programada) e uma camada queratinosa forma-se na superfície.

A espessa camada queratinosa tem um papel importante na vida em terrenos áridos, pois reduz as perdas de água por evaporação e aumenta a resistência dos tecidos. Por outro lado, impede que a pele respire e é, portanto, tipicamente encontrada em animais com pulmões desenvolvidos: répteis, aves e mamíferos. O epitélio dos anfíbios não é totalmente queratinizado e não impede que a pele respire. Este tipo de tecido constitui as camadas externas da nossa pele, e a sua espessura depende da quantidade de stress mecânico: o trabalho físico causa frequentemente calos na pele das palmas das nossas mãos.

Extras relacionados

Camadas da pele

A pele é a proteção externa do corpo e conta com três camadas principais: epiderme, derme e hipoderme.

Níveis de organização inferiores ao indivíduo

Esta animação mostra os níveis de organização biológica desde o indivíduo até ao nível celular, passando pelos órgãos e os tecidos.

Os neurónios e o tecido nervoso

Os neurónios são células especializadas em transmitir sinais eléctricos.

Tecido conjuntivo

O tecido conjuntivo inclui o tecido conjuntivo frouxo e denso, o tecido adiposo, o sangue, o tecido cartilaginoso e o tecido ósseo.

Tecidos musculares

Os três tipos de músculos do corpo humano são o liso, o estriado e o cardíaco.

Vasos sanguíneos

Os três tipos principais dos vasos sanguíneos que percorrem todo o corpo são as artérias, veias e capilares.

Sangue humano

O sangue humano é composto por células (glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas) e plasma.

Estrutura do músculo

A animação apresenta a microestrutura e o funcionamento do músculo até ao nível molecular.

Músculos humanos

Os músculos esqueléticos formam parte ativa do sistema locomotor, movendo os ossos aos quais estão ligados.

Added to your cart.