Órgãos vegetativos das plantas

Órgãos vegetativos das plantas

Estes órgãos são vitais para a sobrevivência e desenvolvimento das plantas.

Biologia

Palavras-chave

órgãos vegetais, órgão, folha, caule, raiz, batata, planta de milho, cenoura, ervilha, cato, folha de veia reticulada, sistema de raiz principal, sistema radicular fibroso, raiz lateral, pelo radicular, modificação da raiz, modificações do caule, modificações das folhas, gavinha, folha insetívora, tubérculo, cebola, caule suculento, raízes em cinta, raiz principal de armazenamento, tecidos vegetais, feixe vascular, epiderme, cerne, floema, câmbio, parênquima, mesofilo, estoma, crescimento, fotossíntese, evaporação, pressão de turgor, absorção, troca gasosa, autossustentado, planta, biologia

Extras relacionados

Cenas

Órgãos vegetativos

  • raiz
  • caule
  • folha

Os órgãos vegetativos das plantas vasculares terrestres são a raiz, o caule e a folha.

A raiz tem duas funções principais: fixa a planta ao solo e assegura a absorção de água e minerais do solo. A porção terminal da raiz, chamada ponta da raiz, é protegida pela coifa. As células na coifa segregam a mucilagem que reduz a fricção entre a raiz em crescimento e o solo.

A raiz cresce devido à contínua divisão das células da raiz localizadas à volta do centro quiescente. Estas células são responsáveis tanto pela formação da coifa como pela criação de células diferenciadas na raiz.

As células da epiderme da raiz estão envolvidas na formação dos pelos radiculares que transportam água e minerais dissolvidos desde o solo até à raiz. Os nutrientes absorvidos pela raiz são transportados até ao xilema por dois processos: ou pelo citoplasma das células ou através das paredes celulares e espaços intracelulares.

O caule é um dos dois eixos estruturais principais de uma planta vascular, em que o outro é a raiz. Os feixes vasculares no caule asseguram o fluxo de líquidos entre os órgãos da planta. Nos feixes vasculares, o xilema é responsável pelo transporte de água e minerais, enquanto o floema conduz as substâncias orgânicas produzidas durante a fotossíntese.

A folha é um órgão da planta envolvido na fotossíntese, trocas gasosas e transpiração. É geralmente plana, fina e larga. A epiderme das folhas é uma camada de células, com poros, isto é, estomas, entre elas. Estas servem como local para trocas gasosas durante a fotossíntese e para a libertação de vapor de água durante a transpiração. A evaporação cria uma pressão negativa dentro da folha; esta pressão contribui para o movimento de água no xilema.

O floema é carregado com moléculas de açúcar pelas células do mesofilo vizinhas. O carregamento do floema produz um baixo potencial de água no floema, o que provoca a difusão da água do xilema para o floema. O influxo de água cria uma elevada turgidez no floema, o que provoca o movimento dos fluidos.

Raiz

  • raiz primária
  • raízes laterais
  • pelos radiculares

Caule

  • entrenó - Uma secção do caule entre dois nódulos.
  • nódulo - É a partir dele que folhas e galhos crescem.

Folha

  • pecíolo
  • face superior da folha
  • face inferior da folha
  • nervuras da folha
  • lâmina da folha

Animação

  • raiz
  • caule
  • folha
  • raiz primária
  • raízes laterais
  • pelos radiculares
  • coifa - As suas células protegem a ponta da raiz.
  • ponta da raiz - A divisão das suas células resulta na formação e crescimento da raiz.
  • centro de repouso - As suas células dividem-se muito lentamente ou não se dividem de todo.
  • xilema - Conduz água e minerais dissolvidos desde as raízes até às outras partes da planta.
  • floema (casca interna) - Conduz substâncias orgânicas desde a folhas até às outras partes da planta.
  • tecido de meristema - É responsável pela formação de raízes laterais.
  • cabelo da raiz - É responsável pela absorção de água e minerais.
  • parede celular
  • células epidérmicas
  • células do parênquima
  • xilema - Conduz água e minerais dissolvidos desde as raízes até às outras partes da planta.
  • via celular - A água e os minerais passam através das membranas celulares e do citoplasma.
  • via apoplástica - A água e os minerais são transportados por fora da membrana celular, através das paredes celulares e dos espaços intracelulares.
  • xilema - Conduz água e minerais dissolvidos desde as raízes até às outras partes da planta.
  • floema - Conduz substâncias orgânicas desde as folhas até às outras partes da planta.
  • célula basal
  • câmbio - Tecido meristemático responsável pelo espessamento do caule. Produz as células do xilema e do floema.
  • estoma - É por este poro que vapor de água é libertado da folha.
  • xilema - Conduz água e minerais dissolvidos desde as raízes até às outras partes da planta.
  • floema - Conduz substâncias orgânicas desde as folhas até às outras partes da planta.
  • célula parenquimática - Contém muitos cloroplastos, nos quais tem lugar a fotossíntese.
  • xilema - Conduz água e minerais dissolvidos desde as raízes até às outras partes da planta.
  • floema - Conduz substâncias orgânicas desde as folhas até às outras partes da planta.

Narração

Os órgãos vegetativos das plantas vasculares terrestres são a raiz, o caule e a folha.

A raiz tem duas funções principais: fixa a planta ao solo e assegura a absorção de água e minerais do solo. A porção terminal da raiz, chamada ponta da raiz, é protegida pela coifa. As células na coifa segregam a mucilagem que reduz a fricção entre a raiz em crescimento e o solo.

A raiz cresce devido à contínua divisão das células da raiz localizadas à volta do centro quiescente. Estas células são responsáveis tanto pela formação da coifa como pela criação de células diferenciadas na raiz.

As células da epiderme da raiz estão envolvidas na formação dos pelos radiculares que transportam água e minerais dissolvidos desde o solo até à raiz. Os nutrientes absorvidos pela raiz são transportados até ao xilema por dois processos: ou pelo citoplasma das células ou através das paredes celulares e espaços intracelulares.

O caule é um dos dois eixos estruturais principais de uma planta vascular, em que o outro é a raiz. Os feixes vasculares no caule asseguram o fluxo de líquidos entre os órgãos da planta. Nos feixes vasculares, o xilema é responsável pelo transporte de água e minerais, enquanto o floema conduz as substâncias orgânicas produzidas durante a fotossíntese.

A folha é um órgão da planta envolvido na fotossíntese, trocas gasosas e transpiração. É geralmente plana, fina e larga. A epiderme das folhas é uma camada de células, com poros, isto é, estomas, entre elas. Estas servem como local para trocas gasosas durante a fotossíntese e para a libertação de vapor de água durante a transpiração. A evaporação cria uma pressão negativa dentro da folha; esta pressão contribui para o movimento de água no xilema.

O floema é carregado com moléculas de açúcar pelas células do mesofilo vizinhas. O carregamento do floema produz um baixo potencial de água no floema, o que provoca a difusão da água do xilema para o floema. O influxo de água cria uma elevada turgidez no floema, o que provoca o movimento dos fluidos.

Extras relacionados

Anatomia das folhas

Esta animação mostra os principais tipos de folhas e as diferenças entre folhas monocotiledóneas e dicotiledóneas.

Fotossíntese

As plantas são capazes de produzir açúcar orgânico a partir de matéria inorgânica (dióxido de carbono e água).

As flores das angiospermas

A animação mostra os diferentes tipos de flores de plantas angiospermas.

Cana e junco

Plantas monocotiledóneas e cosmopolitas que habitam as beiras das águas estagnadas.

Ciclo de vida das plantas

O desenvolvimento de musgos, fetos, gimnospérmicas e angiospérmicas é caracterizado pela alternância de gerações.

Ciclo de vida de musgos e fetos

Esta animação compara os ciclos de vida de musgos e fetos, ajudando a perceber o ciclo de vida das plantas em geral.

Comparação entre monocotiledóneas e dicotiledóneas

Os dois grupos de angiospermas são as monocotiledóneas e as dicotiledóneas.

Flor

As animações apresentam a estrutura de uma flor típica.

Macieira

A maçã é uma das frutas mais consumidas no mundo.

Milho

Uma das mais importantes culturas monocotiledóneas.

Plantas bulbosas de primavera

Esta animação mostra a anatomia de tulipas, narcisos e campainhas de inverno.

Plantas solanáceas comestíveis

Muitas das mais importantes plantas consumidas por nós pertencem à família das solanáceas.

Sementes e germinação

As dicotiledóneas têm duas folhas embrionárias (cotilédones), enquanto as monocotiledóneas só têm uma.

Tensão superficial

A tensão superficial é a propriedade dos líquidos que os permite adquirir a área superficial mais pequena possível.

Células animais e vegetais, organelas celulares

As células eucarióticas contêm muitas organelas.

Cereais

Os cereais são espécies cultivadas para aproveitamento dos seus grãos comestíveis.

Comparação entre frutos verdadeiros e pseudofrutos

O pericarpo dos frutos verdadeiros desenvolve-se a partir do carpelo, enquanto o pericarpo dos pseudofrutos se-desenvolve a partir de outras partes das flores.

Added to your cart.