Impérios modernos

Impérios modernos

Vários impérios lendários foram construídos (e destruídos) ao longo da história.

História

Palavras-chave

Império Inca, Império Asteca, Espanha, Império Otomano, Rússia, Império Britânico, Huyna Capac, Cusco, Tenochtitlan, Idade Moderna, império, Madrid, Constantinopla, São Petersburgo, Londres, Suleiman I, Nicolau II, Vitória, país, Países, fronteira, história, conquista, colônia, colonização, colonizador, capital, grande potência, mapa, conhecimento cartográfico, mapa em branco, globo

Extras relacionados

Cenas

Impérios modernos

Do ponto de vista político, um império é um estado de grande extensão territorial que inclui numerosos grupos étnicos e países. Geralmente, os impérios são cultural e etnicamente diversos.

A maioria dos impérios lendários da história foram estabelecidos através de conquistas (isto é, através do uso da força militar) ou por coação económica e política. Uma característica comum a estes impérios é o facto de todos terem sido governados por um poder central forte.

Império Inca (séc. XVI)

  • Cusco - Foi o centro administrativo, político, militar e religioso do Império Inca. Foi capturado em 1533 pelos conquistadores espanhóis liderados por Francisco Pizarro.
  • Quito
  • Cajamarca
  • Machu Picchu
  • Oceano Pacífico
  • Andes

No século XIV, o estado sul-americano da confederação tribal Inca era apenas uma pequena cidade-estado que incluía Cusco e arredores. Após as conquistas Incas do século XV, a sua área foi grandemente aumentada: tinah as dimensões de 4000 km de norte a sul e cerca de 800 km de oeste a este. O Império Inca, o maior império das Américas pré-colombianas, alcançou a sua máxima expansão territorial na viragem do século XV e início do século XVI, durante o reinado de Huyna Cápac.

Após a morte de Huyana Cápac, gerou-se uma guerra entre os seus sucessores que, juntamente com a chegada dos conquistadores espanhóis, liderados por Francisco Pizarro, ditou a queda do império.

Império Asteca (séc. XVI)

  • Tenochtitlán - A cidade foi construída numa ilha no lago Texococo e era a capital do Império Asteca. Foi capturada em 1521 pelos conquistadores espanhóis liderados por Hernán Cortés.
  • Cihuatlán
  • Tetzapotitlán
  • Cuetlaxtlán
  • Oceano Pacífico
  • Golfo do México
  • lago de Texcoco

Após a conquista dos Toltecas por parte dos Astecas, estes migraram para o Vale do México e no século XIV Tenochtitlán tornou-se a sua capital. A confederação militar hegemónica expandiu-se continuamente graças a conquistas.

Três cidades-estado (Tenochtitlán, Texoco e Tlacopán) entraram para a aliança em 1428, estabelecendo o Império Asteca. O império, que se estendia desde o Oceano Atlântico até ao Oceano Pacífico, alcançou a sua máxima expansão territorial no início do século XVI, durante o reinado de Moctezuma II. Em 1519, os conquistadores espanhóis, liderados por Hernán Cortés, destruíram o império e a sua capital.

Império Espanhol (séc. XVI)

  • Madrid - Tornou-se no centro do Império Espanhol quando Filipe II mudou a sua corte para aqui. Tornou-se capital em 1606.
  • Manila
  • Havana
  • Tenochtitlán
  • Quito
  • Lima
  • Oceano Pacífico
  • Oceano Atlântico
  • Oceano Índico

O reino de Espanha foi unificado no final do século XV por Fernando II de Aragão e sua esposa, Isabel I de Castela. Os espanhóis conquistaram extensos territórios ultramarinos, competindo com Portugal. O império resultante foi o primeiro império global da história. O seu apogeu foi durante os séculos XVI e XVII, sob a liderança dos Habsburgo​s Espanhóis. A bem conhecida frase, "o império em que o sol nunca se põe" referia-se originalmente ao Império Espanhol.

O império atingiu o seu apogeu durante o reinado de Carlos I (conhecido como Carlos V, o sacro imperador romano), e entrou em declínio por razões políticas e económicas.

Império Otomano (séc. XVII)

  • Constantinopla - A cidade foi fundada em 330 por Constantino o Grande. Era originalmente a capital do Império Bizantino, antes de ser capital do Império Otomano.
  • Bursa
  • Bagdade
  • Jerusalém
  • Damasco
  • Trípoli
  • Tunis
  • Argel
  • Atenas
  • Varna
  • Belgrado
  • Mar Mediterrâneo
  • Mar Negro
  • Mar Cáspio
  • Mar Adriático

O Império Otomano foi estabelecido por volta de 1300 pelas conquistas do primeiro sultão, Osman I. O império, em expansão contínua em todas as direções, conquistou também o Império Bizantino em 1453 através da conquista de Constantinopla.

O Império Otomano atingiu o seu apogeu durante o reinado de Solimão I (Solimão o Magnífico) em meados do século XVI. No entanto, o destino do império era previsível mesmo durante a sua era dourada. Eventualmente, problemas internos e externos provocaram o declínio gradual e a queda do império que era também conhecido como "o doente da Europa".

Império Russo (1914)

  • São Petersburgo - Estabelecida em 1703 por Pedro o Grande, esta cidade tornou-se a capital russa em 1712.
  • Riga
  • Kiev
  • Odessa
  • Samarcanda
  • Krasnoyarsk
  • Okhotsk
  • Arcangel
  • Oceano Ártico
  • Mar de Okhotsk
  • Mar Negro
  • Mar Cáspio
  • Mar Báltico

O nome do Império Russo foi dado pelo próprio Pedro o Grande que queria modernizar o anterior Czarado. Ele estabeleceu a nova capital, São Petersburgo, em 1703, que recebeu o nome de São Pedro, um dos doze apóstolos.

O império atingiu o seu apogeu durante o reinado de Catarina II, que fez importantes conquistas territoriais, tornando o Império Russo ainda maior. Atingiu a expansão territorial máxima na segunda metade do século XIX, durante a qual mais de uma centena de grupos étnicos viviam numa área de 23 milhões de quilómetros quadrados. O império entrou em declínio em meados do século XIX e foi finalmente derrubado pela Revolução de Fevereiro em 1917.

Império Britânico (1914)

  • Londres - O centro do Império Britânico era a maior cidade do mundo no século XIX.
  • Perth
  • Brisbane
  • Cidade do Cabo
  • Durban
  • Vancouver
  • Montreal
  • Calcutá
  • Bombaim
  • Hong Kong
  • Auckland
  • Cairo
  • Oceano Pacífico
  • Oceano Atlântico
  • Oceano Índico
  • Gibraltar
  • Malta
  • Weihaiwei

Em contraste com outros estados, os Ingleses começaram a colonização relativamente tarde mas com grande entusiasmo. O Império Britânico tornou-se num verdadeiro império global por volta do século XIX. Era o mais vasto e mais populoso território liderado por um único estado na história e tinha a economia mais forte do mundo.

No início do século XX, o Império Britânico controlava cerca de um quarto da área total da Terra e um quinto da sua população vivia nos seus territórios. A frase "o império em que o Sol nunca se põe" também se aplica ao Império Britânico.

A influência global do Império Britânico e também o período de relativa paz após as Guerras Napoleónicas, a Pax Britannica, terminaram em 1914 com o eclodir da Primeira Guerra Mundial.

Extras relacionados

A Alambra no século XVI (Espanha)

O nome deste magnífico complexo palaciano origina-se do árabe e significa "o vermelho".

A história da migração humana

A migração das grandes populações humanas teve início na Antiguidade.

Aldeia indígena (nação Crow)

Os Crows são indígenas norte-americanos quem inabitaram a vale do Rio Yellowstone.

Chichén Itzá (século XII)

A lendária cidade do império maia-tolteca ficava situada no território do atual México.

Colonização e descolonização

As potências colonizadoras desapareceram do mapa mundial, apagadas pelos povos que lutaram para reconsquistar a sua independência.

Colonização europeia das Américas (até 1763)

Vários países europeus embarcaram na conquista do Novo Mundo, tornando a América um continente colorido.

Complexo do Castelo de Mir (século XVII)

O Complexo do Castelo de Mir, situado na cidade de Mir na Bielorrússia, foi construído em estilo gótico-renascentista.

Conquistador (século XVI)

Os conquistadores espanhóis deviam o seu sucesso à armadura e as armas de fogo.

Continentes e oceanos

A terra firme na superfície do nosso planeta está dividida em continentes, por sua vez separados por oceanos.

Czar Pedro I com a sua mulher

O Czar tentou modernizar o Império Russo, influenciado pelo modelo da Europa Ocidental.

Descobrimentos (séculos XV-XVII)

Os Descobrimentos no ínicio da Idade Moderna não só redesenharam os mapas, como também tiveram diversos outros impactos.

Edifícios lendários

Uma coleção de edifícios lendários da história da civilização.

Formas de governo e línguas oficiais

Esta animação mostra as formas de governo e línguas oficiais dos países do mundo.

Governante asteca (século XV)

O Império Asteca foi um estado militarista e despótico.

Guerras Napoleónicas

Napoleão I, que se coroou a si próprio imperador, foi um dos mais geniais comandantes militares da história.

Guerreiro inca (século XV)

As armas rudimentares dos Incas mostraram-se inadequadas na sua luta contra os conquistadores espanhóis.

Guerreiros astecas (século XV)

De aspeto temível, os guerreiros astecas não conseguiram deter os conquistadores espanhóis com as suas armas primitivas.

Impérios antigos lendários

Vários impérios lendários foram construídos (e destruídos) ao longo da história.

Impérios medievais lendários

Vários impérios lendários foram construídos (e destruídos) ao longo da história.

Machu Picchu (século XV)

Situada no atual Peru, a antiga cidade inca é Património Mundial.

Navio de guerra inglês (século XVIII)

Nos séculos XVII, XVIII e XIX, os navios à vela ingleses estavam entre os melhores do mundo.

Os povos eslavos

A maioria dos povos eslavos, classificados em três grandes grupos, vive atualmente em 14 países europeus.

Países da América

Estudar a localização geográfica, capitais e bandeiras dos países da América através de exercícios divididos em três níveis de dificuldade.

Santa Maria (Século XV)

A carraca de três mastros chamada Santa Maria foi a capitânia da viagem marcante de Cristóvão Colombo.

Símbolos e atracções do mundo

Um jogo acerca dos símbolos e atracções um pouco por todo o mundo.

Soldado alemão (1ª Guerra Mundial)

Durante a 1ª Guerra Mundial, os soldados alemãos foram bem treinados e utilizavam armas modernas.

Tenochtitlán (século XV)

A magnificiência do Império Asteca surpreendeu até os conquistadores espanhóis.

Teotihuacan (século IV)

Esta cidade, majestosa mesmo nas suas ruínas, foi a maior e mais populosa povoação da América pré-colombiana.

Torre de Londres (século XVI)

A intrigante história deste castelo histórico estende-se por cerca de mil anos.

Added to your cart.