Alanina (C₃H₇NO₂)

Alanina (C₃H₇NO₂)

Aminoácido de cadeia lateral apolar. As moléculas da série L e D são imagens de espelho uma da outra.

Química

Palavras-chave

alanina, Ala, aminoácido, proteína, peptídeo, polipeptídeo, cadeia lateral não polar, seda, íon dipolar, ligação peptídica, ligação amida, seqüencia de aminoácidos, molécula, química, bioquímica, biologia

Extras relacionados

Cenas

Modelo de bolas e varetas

Alanina C₃H₇NO₂

Informação

Massa molar: 89,09 g/mol

Ponto de fusão: 297 °C

Ponto de ebulição: 250 °C

Densidade: 1.424 g/cm³

Propriedades

A alanina é um composto cristalino, incolor, insolúvel em éter, pouco solúvel em álcool e muito solúvel em água. É um aminoácido com uma cadeia lateral apolar. A L-alanina é um dos aminoácidos mais importantes. É encontrado em quase todas as proteínas. Vários aminoácidos são derivados substituídos da alanina.

Ocorrência e produção

A alanina é encontrada em grandes quantidades nas proteínas; a seda contém 25% de L-alfa-alanina. Nos organismos vivos, é produzida pela reação do ácido láctico com amónia. Em laboratório, a alanina é produzida a partir do ácido alfa-cloropropiónico e amónia.

Preenchimento do espaço

Narração

Extras relacionados

Aminoácidos

Os monómeros das proteínas.

Isomeria ótica

Isómeros especulares de formas e sólidos assimétricos não podem ser sobrepostos.

Ligação peptídica

Os aminoácidos que formam as proteínas unem-se através de ligações peptídicas.

Seda de aranha, teia de aranha

Se bem que a densidade da seda de aranha seja inferior à dos filamentos de nylon, a sua resistência à tracção é superior à do aço.

Added to your cart.