Águia sapeira

Águia sapeira

As águias sapeiras são aves de rapina que podem ser encontradas em quase todo o mundo.

Biologia

Palavras-chave

águia, águia sapeira, garras, bico para rasgar, ovo, ninho, nidícola, pena, bico, animal, vertebrado, predador, superpredador, ave, canavial, biologia

Extras relacionados

Cenas

Fêmea com as crias

  • cria - Nascem após 31 ou 32 dias e são capazes de voar após 5 ou 6 semanas.
  • ovo - A fêmea põe 4 ou 5 ovos, incubados por 31-32 dias entre abril e julho.
  • ninho - Constroem por norma os seus ninhos em canaviais, sendo os ninhos feitos de canas ou juncos.
  • fêmea - São maiores que os machos, podendo pesar aproximadamente entre 500 e 800 gramas, enquanto os macho apenas entre 400 e 700 gramas.

Macho

Anatomia

  • envergadura: 110-130 cm
  • massa corporal: 400-800 g
  • garras - Por serem aves de rapina, possuem garras fortes, que servem para agarrar a presa.
  • bico aquilino - Têm o bico retorcido e pontiagudo, característico das aves da rapina e utilizado para triturar os alimentos.
  • penas de voo da cauda (retrizes) - Ajudam na orientação durante o voo.
  • penas de voo das asas (rémiges) - Desempenham um papel importante no voo, aumentando a superfície das asas.

Voo

Animação

  • cria - Nascem após 31 ou 32 dias e são capazes de voar após 5 ou 6 semanas.
  • ovo - A fêmea põe 4 ou 5 ovos, incubados por 31-32 dias entre abril e julho.
  • ninho - Constroem por norma os seus ninhos em canaviais, sendo os ninhos feitos de canas ou juncos.
  • fêmea - São maiores que os machos, podendo pesar aproximadamente entre 500 e 800 gramas, enquanto os macho apenas entre 400 e 700 gramas.
  • envergadura: 110-130 cm
  • massa corporal: 400-800 g
  • garras - Por serem aves de rapina, possuem garras fortes, que servem para agarrar a presa.
  • bico aquilino - Têm o bico retorcido e pontiagudo, característico das aves da rapina e utilizado para triturar os alimentos.
  • penas de voo da cauda (retrizes) - Ajudam na orientação durante o voo.
  • penas de voo das asas (rémiges) - Desempenham um papel importante no voo, aumentando a superfície das asas.

Narração

A águia sapeira ocidental é uma grande ave de rapina que habita perto de lagos, águas pouco profundas e canaviais densos. A sua plumagem dorsal é castanha escura, o ventre é de cor castanha e o peito castanho avermelhado com listas escuras.
As fêmeas são ligeiramente maiores que os machos. Graças ao seu corpo ligeiro e delgado e às suas longas asas e penas caudais, a águia sapeira voa sem esforço, podendo muitas vezes ser vista repousando entre os juncos ou pousada no chão.

A águia sapeira é uma ave de rapina. Durante a primavera, alimenta-se principalmente de rãs e de ovos ou crias de aves aquáticas, enquanto no outono as suas principais fontes de nutrientes são ratos e ratazanas. Esta ave agarra a sua presa com as suas garras fortes e afiadas, trucidando-a com o seu bico retorcido e pontiagudo. Os seus sentidos de visão e audição perfeitos também a ajudam na captura da presa.

A águia sapeira constrói por norma o seu ninho em canaviais. As fêmeas põem normalmente 4 ou 5 ovos, incubando-os entre abril e julho. As crias nascem decorridos 31 ou 32 dias, sendo capazes de voar após 5 ou 6 semanas.

Extras relacionados

Falcão-sacre

O falcão-sacre é uma grande ave de rapina que habita a Europa e a Ásia.

Tipos de penas

Esta animação mostra os principais tipos de penas (penugem, pena de contorno e de voo) e as suas estruturas finas.

Gralha de nuca cinzenta

É possível encontrar frequentemente bandos de gralhas de nuca cinzenta nas zonas urbanas. Konrad Lorenz estudou o complexo comportamento social destes animais.

Guarda-rios comum

As cores características do guarda-rios comum ajudam o pássaro na captura das suas presas.

Melro

Esta animação mostra os ossos e ovos de uma ave através do exemplo do melro.

O ciclo de vida dos vertebrados

O ciclo de vida dos vertebrados é constituído por fases que abrangem o período desde a formação das células reprodutivas de um indivíduo até à formação das...

Pato-real

Esta animação mostra a anatomia das aves através do exemplo do pato-real.

Pinguim-imperador

Os pinguins são aves que habitam na Antártida e que se adaptaram às temperaturas frias e ao nadar.

Arqueopterix

O Arqueopterix tinha características tanto de aves quanto de répteis. Foi provavelmente o ancestral dos pássaros.

Added to your cart.