Acrópole (Atenas, século V a.C.)

Acrópole (Atenas, século V a.C.)

A Acrópole é talvez a cidadela mais famosa do mundo e foi construída na época da paz de Péricles.

História

Palavras-chave

Acrópole, cidadela, Fídias, Péricles, Hélade, Património Mundial, Palas Atena, Partenon, construção, cidade-estado, Zeus, gregos, grego, Grécia, Atenas, Ictinos, Calícrates, estrutura, pólis, deuses, dórico, tímpano, pedestal, colunata, Iônico, religião, cariátide, santuário, cariátides, época da paz, igreja, coluna, detalhe do frontão, Antiguidade, história, defesa

Extras relacionados

Perguntas

  • Nas cidades-estado gregas, onde se situavam habitualmente as acrópoles?
  • Qual destes termos é sinónimo de cidade-estado?
  • Que função tinha a acrópole?
  • Que função tinha a acrópole?
  • Quando foi construída a cidadela de Atenas?
  • Quem foi o principal responsável pelas obras religiosas da cidadela ateniense?
  • Qual a primeira letra do alfabeto grego?
  • Qual a última letra do alfabeto grego?
  • Quem a deusa protetora de Atenas?
  • Segundo a mitologia grega, como nasceu Palas Atena?
  • Segundo a mitologia grega, quem era a deusa das ciências e das artes?
  • Quem era o rei dos deuses na religião grega?
  • Como se chama a entrada da Acrópole de Atenas?
  • A que deusa é consagrado o templo ao lado da entrada?
  • Em que estilo arquitetónico foi construído o templo de Atenas Niké?
  • Como se chama o templo maior da Acrópole de Atenas?
  • Como se chama a uma figura feminina, com a função de coluna ou suporte arquitetónico?
  • Em que edifício da Acrópole se encontram as cariátides?
  • Que edifício da Acrópole de Atenas se chama ´depósito de bronze´?
  • Qual destas personalidades foi estadista em Atenas?
  • O que era um tirano?
  • Quando foi expulso o último tirano de Atenas?
  • Onde residia o maior poder na democracia ateniense?
  • Quanto tempo durava geralmente o mandato dos funcionários na democracia ateniense?

Cenas

Acrópole

A cidadela de Atenas

As acrópoles (cidadelas) eram complexos de edifícios, primariamente para usos religiosos, na Grécia Antiga. Estavam normalmente localizados nos centros das cidades, no topo de colinas.

O exemplo mais conhecido fica em Atenas, no topo de um pequeno planalto de rocha calcária azulada que se eleva 150 m acima do nível do mar.

Na Idade de Ouro da democracia ateniense, no século V a.C., o projeto foi encomendado por Péricles a um dos mais famosos artistas dos tempos antigos, Fídias. A construção foi dirigida por Ictino e Calícrates. Os magníficos edifícios foram construídos um após o outro na rocha infértil. A Sociedade de Arqueologia levou a cabo escavações de grande monta na Acrópole na segunda metade do século XIX, mas a restauração ainda não está terminada. A Acrópole tornou-se Património Cultural Mundial da Humanidade pela UNESCO em 1987.

Busto de Fídias

Propileu

A porta monumental

O termo propileu refere-se, geralmente, a uma porta monumental grega antiga. A porta monumental da Acrópole de Atenas foi construída entre 437 a.C. e 432 a.C., de acordo com os planos elaborados por Mnésicles. (Os planos originais nunca foram totalmente implementados, por diferentes razões.)

A porta monumental era composta por um átrio central e naves laterais. O átrio central estava cercado por colunas; as seis colunas dóricas da fachada formavam cinco passagens.

As escadas grandiosas que levavam até à porta foram apenas construídas mais tarde, durante a era romana.

Das cinco passagens e dois átrios do Propileu, hoje, restam apenas ruínas das colunas exteriores e do teto circundante.

A porta monumental atualmente

Partenon

O templo da deusa virgem

O Partenon era o edifício central e mais impressionante da Acrópole. Um dos maiores templos do mundo antigo, foi construído entre 447 a.C. e 432 a.C., baseado nos projetos de Fídias. Os construtores foram Ictino e Calícrates. O seu nome deriva do epíteto do patrono da cidade, Pallas Athenas, (Atenas Partenos, Atenas Virgem).

O templo foi construído de acordo com o estilo dórico. Uma substrutura sustenta as colunas exteriores (no total 46) e as paredes. O telhado em duas águas e os dois frontões triangulares ornamentados com relevos eram suportados por estas colunas. O espaço central do templo estava dividido em duas partes por uma parede. A estátua em marfim de Atenas, com 11-12 m de altura, desenhada por Fídias, estava no espaço maior, enquanto o espaço mais pequeno era usado como depósito do tesouro.

O Partenon hoje

Erecteion

A construção das cariátides

O planalto da Acrópole é dominado por dois templos: o Partenon e o Erecteion. Este foi construído no estilo Jónico. A particularidade deste templo são as seis figuras femininas esculpidas em pedra que suportam o átrio em forma de terraço (Erecteion).

As cariátides são estátuas femininas usadas como colunas (as correspondentes masculinas são chamadas de figuras atlantes). As cariátides não foram apenas usadas pela arquitetura da Grécia Antiga, tendo sido usadas por estilos mais recentes. O átrio colunado do Erecteion é um exemplo excecional mesmo entre outras cariátides antigas.

A cariátides

Atena Promacos

A patrona

A patrona da cidade, Palas Atena, tornou-se numa Olímpia como filha de Zeus e Métis. Era venerada pelos gregos antigos como a deusa da sabedoria, justiça, ofícios e artes. (Apesar de ter nascido da cabeça de Zeus, após ter sido atingido com o martelo de Hefesto, ela era a filha preferida de seu pai.)

A Atena era também a protetora das cidades. Ela teve de competir com Poseidon por uma cidade em Attica. A competição foi ganha pela deusa, pelo que a cidade de Atenas ficou com o seu nome. Naturalmente, os edifícios mais importantes da Acrópole foram construídos em honra da deusa protetora (Athena Polias). No entanto, Fídias também expressou a sua devoção por Atenas com um outro grande trabalho. Ele mandou construir uma colossal estátua em bronze, colocando-a numa parte ampla da cidadela, pelo que podia ser vista de muito longe em dias de bom tempo.

A patrona da cidade Palas Atena

Passeio

Linha cronológica

Partenon (Corte)

O templo da deusa virgem

O Partenon era o edifício central e mais impressionante da Acrópole. Um dos maiores templos do mundo antigo, foi construído entre 447 a.C. e 432 a.C., baseado nos projetos de Fídias. Os construtores foram Ictino e Calícrates. O seu nome deriva do epíteto do patrono da cidade, Pallas Athenas, (Atenas Partenos, Atenas Virgem).

O templo foi construído de acordo com o estilo dórico. Uma substrutura sustenta as colunas exteriores (no total 46) e as paredes. O telhado em duas águas e os dois frontões triangulares ornamentados com relevos eram suportados por estas colunas. O espaço central do templo estava dividido em duas partes por uma parede. A estátua em marfim de Atenas, com 11-12 m de altura, desenhada por Fídias, estava no espaço maior, enquanto o espaço mais pequeno era usado como depósito do tesouro.

O Partenon hoje

Atena Partenos

A patrona

A patrona da cidade, Palas Atena, tornou-se numa Olímpia como filha de Zeus e Métis. Era venerada pelos gregos antigos como a deusa da sabedoria, justiça, ofícios e artes. (Apesar de ter nascido da cabeça de Zeus, após ter sido atingido com o martelo de Hefesto, ela era a filha preferida de seu pai.)

A Atena era também a protetora das cidades. Ela teve de competir com Poseidon por uma cidade em Attica. A competição foi ganha pela deusa, pelo que a cidade de Atenas ficou com o seu nome. Naturalmente, os edifícios mais importantes da Acrópole foram construídos em honra da deusa protetora (Athena Polias). No entanto, Fídias também expressou a sua devoção por Atenas com um outro grande trabalho. Ele mandou construir uma colossal estátua em bronze, colocando-a numa parte ampla da cidadela, pelo que podia ser vista de muito longe em dias de bom tempo.

A patrona da cidade Palas Atena

Atenas

A cidadela de Atenas

As acrópoles (cidadelas) eram complexos de edifícios, primariamente para usos religiosos, na Grécia Antiga. Estavam normalmente localizados nos centros das cidades, no topo de colinas.

O exemplo mais conhecido fica em Atenas, no topo de um pequeno planalto de rocha calcária azulada que se eleva 150 m acima do nível do mar.

Na Idade de Ouro da democracia ateniense, no século V a.C., o projeto foi encomendado por Péricles a um dos mais famosos artistas dos tempos antigos, Fídias. A construção foi dirigida por Ictino e Calícrates. Os magníficos edifícios foram construídos um após o outro na rocha infértil. A Sociedade de Arqueologia levou a cabo escavações de grande monta na Acrópole na segunda metade do século XIX, mas a restauração ainda não está terminada. A Acrópole tornou-se Património Cultural Mundial da Humanidade pela UNESCO em 1987.

Busto de Fídias

Narração

Nas cidades-estado da Grécia Antiga, as acrópoles tinham uma posição de destaque.

As cidadelas foram construídas no centro das pólis, de onde era possível defendê-las. Para além da sua função defensiva, serviam como centros da vida religiosa.

A cidadela de Atenas ocupa uma posição especial entre as acrópoles. Destaca-se de outras construções do género na Grécia Antiga, tanto pelo seu tamanho e nível de execução, como pela sua importância histórica.

Situada num grande rochedo calcário da meseta ática, foi construída durante a época da paz de Péricles, no século V a.C. O principal responsável pelas obras religiosas foi Fídias, um escultor helénico muito famoso naquele tempo.

À área religiosa chegava-se de uma entrada complexa, o Propileu. A monumental entrada de mármore foi construída com base no desenho de Mnésicles.

O templo de Atena Niké (deusa olímpica) é uma pérola do estilo jónico e situava-se ao lado das escadarias construídas durante o período romano.

A maioria dos edifícios do rochedo que se inclinava sobre a região era consagrada a Atena, deusa protetora (e epónima) da cidade. Era na parte central e aberta que se encontrava a majestosa estátua de bronze de Atena, velando sobre a sua cidade predileta.

A Calcotecadepósito de bronze´) era a sala que servia para armazenar as oferendas votivas à deusa.

Entre os edifícios da Acrópole de Atenas, destaca-se um dos maiores e mais conhecidos templos do mundo antigo, o Partenon. Misturando o estilo dórico com elementos do estilo jónico, este edifício foi construído por Ictino e Calícrates, com base nos desenhos arquitetónicos de Fídias.
Era no espaço maior do templo que se erguia a estátua de 12 metros de Atena, obra do mais famoso escultor helénico.

Para além da filha favorita de Zeus, outras divindades tinham também naturalmente o seu lugar próprio na Acrópole.
O Erecteión, conhecido pelas suas cariátides (figuras femininas esculpidas, com função de coluna), fazia parte dos templos de culto da cidadela. Infelizmente, hoje apenas podemos ver as ruínas do santuário consagrado a Artemisa (Brauron).

Atraindo centenas de milhares de turistas todos os anos, a Acrópole de Atenas foi merecidamente considerada em 1987 Património Cultural da Humanidade.

Extras relacionados

Soldado romano (século I a. C.)

Os mercenários do Império Romano eram muito bem treinados e equipados.

Termas de Caracala (Roma, século III)

O magnífico complexo das termas do imperador romano foi construído no século III A. D.

Armas de cerco da Roma Antiga

Os antigos conquistadores romanos tinham eficientes armas de cerco, usadas no ataque a...

Gladiadores romanos (século II)

Os gladiadores eram combatentes que entretinham o público, em lutas entre eles ou com...

Pirâmides de Gizé (3º milénio a.C.)

A Necrópole de Gizé é a única das maravilhas antigas ainda intacta.

Zigurate de Ur (3º milénio a.C.)

Os zigurates eram típicas pirâmides com terraços, usadas como templos na Mesopotâmia antiga.

Batalha de Kadesh (1285 a.C.)

O resultado de uma das maiores batalhas do Antigo Egito (entre este e os hititas) foi...

Divindades do Antigo Egito

Os antigos egípcios idolatravam um grande número de deuses e deusas.

Added to your cart.